Todos os dias me queixo que está tudo igual, que há meses que está tudo na mesma.
Há dois anos atrás era segunda e meu Deus...como as coisas mudam.
Que peso de datas nas costas.
Um beijo na testa.








Sem comentários:

Enviar um comentário